BAD DAY? || CONSELHOS PARA ULTRAPASSAR DIAS STRESSANTES

by - quinta-feira, dezembro 13, 2018


Fotografia: briana-danra tumblr
Há dias em que tudo parece correr mal. Começa com uma avaria no carro seguida de  um cliente desagradável no local de trabalho que, por sua vez, é superado pela má disposição do chefe e, como se não bastasse, damos conta que nos esquecemos de fazer aquela tarefa de que estávamos incumbidos. E assim vai… Seguem as chatices umas atrás das outras, como uma bola de neve...
Nestes dias só nos apetece (pelo menos a mim) desaparecer, mas sabemos perfeitamente que isso é impossível e que mesmo que não o fosse, aquele sentimento angustiante iria nos acompanhar para onde quer que fosse.
Assim sendo, o melhor é encarar a realidade e adotar algumas estratégias que nos auxiliem a tranquilizar e ultrapassar esses momentos menos bons:
  • Depois de analisar o problema, se chegarmos à conclusão de que nada podemos fazer para o alterar, o melhor é mesmo livrarmo-nos desse pensamento. Afinal, martirizarmo-nos a pensar em algo que pertence ao passado e que não pode ser alterado, não trará solução. O melhor é limpar a mente desses pensamentos e contrariá-los com algo que nos faça feliz: famila, filhos, namorado, animal de estimação, aquela viagem fantástica, os sapatos novos comprados há dois dias,…
  • Respirar fundo. Se possível, fazer uma mini meditação e tentar acalmar dentro dos possíveis.
  • Lembrar que o dia há-de terminar e que o que hoje tanto nos está a corroer e a tirar a paz, amanhã não terá o mesmo peso. 
  • Logo que possível, fazer algo que nos conforte: caminhar, sair para desabafar com alguém que nos faz bem, tomar um banho de imersão e aproveitar para lembrar e agradecer todas as coisas boas com que o universo nos presenteou.
  • Refletir e tirar algum tipo de aprendizagem. Afinal, todos os momentos menos bons trazem consigo ensinamentos que nos ajudam a evoluir e a tornarmo-nos mais fortes e resilientes.
  • E por ultimo, acordar para um novo dia com a certeza de que este será melhor do que o anterior.

You May Also Like

6 comentários

  1. Às vezes, mesmo com essas dicas, continuamos a nos martirizar com os problemas e com o que nos correu mal. Eu, sinceramente, prefiro sair para dar uma volta e espairecer ou, quando tenho essa possibilidade, faço fit box. Dar murros num saco é das coisas mais libertadoras e "destressantes" que existem ;)

    Beijinhos,
    Ricardo, www.opinguimsemasas.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade. Conseguir libertar os pensamentos negativos de algum acontecimento recente não é propriamente fácil, mas aí é que entra a nossa força de vontade. De que nos vale continuar com eles? Foco em coisas boas é o truque.
      Beijinhos.

      Eliminar
  2. Tenho passado muitos dias assim e em vez do que dizes, eu tenho-me isolado mesmo a saber que estou a fazer mal a mim mesma... Espero que tudo mude depressa! Beijinhos*

    PS: segui!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vai mudar, sim! Acredita!
      Foca em pensamentos positivos. Coisas boas atraem coisas boas.
      Beijinho <3

      Eliminar
  3. Acho que para mim estes ultimos dias têm sido maus dias principalmente no trabalho. Esta altura do ano é completamente horrível :l

    Beijinhos,
    BLOG DEZASSETE | INSTAGRAM

    ResponderEliminar
  4. Olá, adorei o post
    Acredito que a respiração é o fator determinante para momentos de angustia/crises, ajuda muito. E é algo tão "simples", que deveríamos ter como hábitos, mas a rotina corrida não nos permite.
    Com minha formação, descobri na respiração uma aliada.
    Pena que eu também não faça bom uso disso que sei ;( kkk

    Outra coisa que me ajuda muito é saber 2 coisas: nada dura para sempre, nem o que é bom, nem o que é ruim...
    E que se não posso resolver a questão naquele momento, pra quê gastar/desperdiçar energia? Não fará bem algum... E eu provavelmente vou estar cansada demais quando chegar a hora de "agir".

    Virei Planeta (antigo: Seja Frugal) ♥

    ResponderEliminar